Canção do Vento
Windsong

Agarra-se o vento numa posição estática, envolve-se de modo a consumir a instabilidade perene de uma vontade exacta e deixa-se marinar em caldo tépido até atingirmos ponto de areia em local junto ao corpo, indigente.
Serve-se em convulsão transparente sobre uma liteira junto à falésia.

Leonardo de Sousa Lima

You may also like

Songs Without Words
2010
Limiar
2011
.
2010
Património Putrefacto / Rotten Patrimony
2012
Anima Vegetalis/Anima Aquatica: The gaze of the angels
2011
L'écume des jours
2010
Epitaph / 9 songs without words
2010
Linha de Terra / Ground Line
2010
Home
2013
Each tree is a being to be in us
2009
Back to Top